Outplacement o que é e dicas para sua aplicação

Essa pode ser a mudança que sua empresa está precisando para crescer no mercado.

Na sua opinião, quais são os maiores desafios de quem trabalha no RH? Provavelmente você vai concordar quando falamos que um deles é o momento de demitir um colaborador da empresa. Não é mesmo? E é nesse contexto que surge o outplacement: uma forma de deixar esse processo menos traumático.

Mas, antes de tudo, vamos começar entendendo o que é outplacement e como ele pode impactar positivamente seu negócio. Para saber todos os detalhes, é só acompanhar a leitura até o final.  

O que é outplacement?

Termo trazido do inglês, o outplacement nada mais é do que uma solução para conduzir as demissões de forma mais humanizada. Ou seja, é uma maneira de amenizar as consequências negativas para os envolvidos.

Para isso, a empresa executa uma série de ações que incluem treinamentos, palestras, workshops, orientações e até mesmo apoio emocional e psicológico para que o colaborador possa se reinserir no mercado de trabalho sem grandes problemas.

E como isso acontece?

Antes de tudo acontecer, o RH precisa traçar um plano de demissão. E, esse planejamento deve conter algumas informações cruciais. Por exemplo:

  • Avaliação do perfil profissional;
  • Tempo de duração do programa;
  • Qual suporte estará disponível (cursos, treinamentos, palestras, etc);
  • Como informar o colaborador sobre seu desligamento (aqui é importante levar em consideração o histórico e perfil profissional dele);

Além disso, não podemos esquecer de deixá-lo alinhado com a realidade. Nesse sentido, uma boa estratégia é utilizar o sistema de avaliação DISC. Isso porque essa ferramenta permite uma excelente gestão de pessoas, baseada em dados reais sobre a adequação e perfil comportamental de cada funcionário.  

Para entender melhor: o que é sistema de avaliação DISC?

DISC é uma sigla que junta os 4 perfis comportamentais, sendo Dominância, Influência, Estabilidade e Conformidade. Com base nisso, é realizado um teste que serve para auxiliar na compreensão dos padrões de comportamento dos indivíduos.

Identificar o perfil de cada funcionário é essencial para entender quais funções serão mais aproveitadas e quais funções ele não se sente confortável. Então, para entender melhor, confira a descrição de cada perfil comportamental:

  • Dominância: fator que indica como o indivíduo lida com problemas e desafios, aparecendo em perfis de pessoas decididas, competitivas, e que se orientam pelos resultados.
  • Influência: fator que indica como o indivíduo lida com pessoas e as diversas influências do ambiente, mais presente em perfis de pessoas confiantes, inspiradoras e populares.
  • Estabilidade: como o próprio nome diz, o indivíduo desse perfil busca estabilidade e segurança. Pessoas com este perfil são boas ouvintes, sinceras e agradáveis.
  • Conformidade: fator que indica como o indivíduo lida com regras e procedimentos estabelecidos por outros. Pessoas com este perfil são analíticas e perfeccionistas.

Agora que você entendeu um pouco sobre como funciona cada perfil, provavelmente já percebeu que um colaborador com perfil de estabilidade não daria muito certo em um cargo que lida com muitas adversidades e mudanças repentinas, não é mesmo? Essa é apenas uma das inúmeras análises que você pode fazer a partir de relatórios DISC.

E para você se aprofundar no assunto, preparamos um curso completo. E o melhor, estamos com uma promoção exclusiva de setembro: 20% de desconto nesse mês do cliente

Aproveite a oportunidade para aprender tudo sobre teoria DISC na prática com um especialista no assunto. Você entenderá melhor como cada perfil comportamental funciona e as melhores estratégias para gerir cada um deles. Clique aqui e aproveite a oportunidade que é por tempo limitado!

Quais os benefícios do outplacement?

Anteriormente já explicamos o seu significado e como planejá-lo da melhor forma possível. Sendo assim, vamos apresentar duas grandes vantagens de adotar esse sistema.

1) Clima organizacional

Nós sabemos que uma demissão causa alguns impactos negativos, tanto para o colaborador que está sendo desligado quanto para o restante da equipe, que podem se tornar desmotivados pelo o que aconteceu com o colega.

Sendo assim, quando existe um programa de outplacement bem estruturado e que fornece todo o suporte necessário, faz com que esses impactos sejam reduzidos, uma vez que o ex-colaborador está mais amparado e consegue transmitir essa sensação aos demais colegas.

Além disso, o relacionamento entre empresa x funcionários acaba se fortalecendo e possibilitando uma nova contratação, caso seja necessário. Com isso, a organização se destaca da concorrência no mundo corporativo.

2) Marca mais humanizada

Por outro lado, não podemos deixar de falar sobre a humanização das marcas. Isso mesmo, ao adotar programas como esse, a empresa demonstra com atitudes que se preocupa com seus profissionais até mesmo depois do desligamento. Dessa forma, ao se importar com o capital humano, a empresa consegue deixar claro quais são seus valores.

Assim, além de se destacar no mercado, internamente os colaboradores sentem mais segurança e consequentemente se tornam mais engajados com o trabalho.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o que é outplacement e suas principais vantagens, que tal colocar em prática?

Por fim,  se você quiser conferir mais dicas sobre como melhorar o seu negócio, recomendamos esses outros conteúdos:  Como contratar os melhores candidatos e Qual a importância da ferramenta DISC para o RH?

 

Posts Relacionados

Fale com a gente

(21) 3747-1799
contato@idealdisc.com.br
Rua da Quitanda, 86, 2º andar. Centro – Rio de Janeiro - RJ CEP: 20091-005